STJ firma parceria com o Senado para distribuir Carta Magna a estudantes que visitam o Tribunal!

Para inaugurarmos o nosso “querido” blog, começaremos com uma ótima iniciativa de dois dos mais importantes órgãos do Judiciário Brasileiro, além de proporcionar um aprendizado aos estudantes que os visitam, dão uma excelente lição de cidadania! Vale a pena conferir: 

“A sala é pequena. Do tempo em que Brasília foi projetada para 500 mil habitantes. Mas o calor humano era imenso na Sala de Audiências da Presidência do Senado Federal, durante a solenidade simbólica da entrega da Constituição Federal a estudantes do Centro de Ensino Fundamental 04 da Ceilândia, uma das regiões administrativas do Distrito Federal. Ao lado do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Ari Pargendler e do presidente do Senado, José Sarney, 45 adolescentes celebraram os 10 anos dos projetos socioeducativos do Tribunal da Cidadania, recebendo exemplares da Carta Magna com foto do Pleno do STJ na capa e os hinos Nacional e à Bandeira impressos nas faces internas da contracapa.
A cerimônia contou com a presença de senadores e autoridades da Casa anfitriã, bem como do diretor-geral do STJ, Francisco Carlos Ribeiro de Almeida, do secretário-geral, Athayde Fontoura Filho e dos servidores da Coordenadoria de Memória e Cultura da Secretaria de Documentação do STJ, área responsável pelos projetos socioeducativos do Tribunal. O evento marcou o início da parceria do Senado com o STJ para a distribuição gratuita da Constituição Federal a cada estudante que visitar o Tribunal por meio dos projetos Museu-Escola e Despertar Vocacional Jurídico.Ao todo, serão mil exemplares impressos por mês pela gráfica do Senado. Uma iniciativa que pretende tornar as novas gerações familiarizadas com a lei máxima do país. “A nossa escola participa há oito anos dos projetos do STJ e eu percebo a evolução crítica dos alunos que, a partir do conhecimento de valores cidadãos, estão se tornando adultos integrais”, afirmou Eunice Rodrigues Silva, professora dos 7º e 8º anos, ao agradecer em nome dos alunos, a oportunidade de representar todas as escolas do Distrito Federal.
“As leis são as muralhas da cidade, disse o filósofo grego Heráclito. As muralhas são aqueles muros bem grandes que protegem as cidades dos seus inimigos. Portanto, a Constituição é a nossa muralha”, explicou Ari Pargendler, falando diretamente aos atentos e curiosos meninas e meninos que, logo, logo estarão escolhendo suas profissões. Visivelmente emocionado, Pargendler confessou: “Eu tive que esperar quase 60 anos para ver um presidente da República de perto e vocês estão aqui, ao lado de um ex-presidente da República. Com certeza, será um dia que não esquecerão”.José Sarney também enalteceu a presença das crianças, “que enfeitam esta sala e nos fazem vislumbrar o futuro, a continuidade do Brasil” e parabenizou o STJ pela importância dos projetos socioeducativos que estreitam os laços entre a comunidade estudantil e a Justiça. “É fundamental incentivar nossos estudantes para conhecer as leis e os símbolos da Pátria. Por isso, vocês estão recebendo a Constituição com os hinos impressos. Decorem nosso hino, que é ecológico, pois enaltece a nossa natureza, enquanto os de outras nações são bélicos, chamando para a guerra”, concluiu.Para encerrar a solenidade, nada melhor do que os acordes do violão acompanhando o coro de 45 vozes alegres a entoar, com patriotismo, o Hino Nacional. Momento que engasgou os adultos, mas principalmente os protagonistas dessa iniciativa em prol da cidadania: “Foi emocionante cantar o hino e ver o senador que a gente só conhecia da TV”, disse Mateus Pereira, 13 anos, rodeado de colegas que concordavam com gestos de cabeça e expressões de “felicidade”, “imensa alegria”, “irado”.Entre agitados e tímidos, os estudantes não deram bola para a formalidade do evento. Quebrando o protocolo, espontaneamente como só as crianças sabem fazer, pediram para tirar fotos com o presidente do STJ. Solicitação prontamente atendida por Pargendler, que agora já deve estar no álbum do facebook de dezenas de alunos. Um dia histórico para o STJ, para os estudantes e para a cidadania brasileira”. 

Fonte: http://www.stj.gov.br/portal_stj/publicacao/engine.wsp?tmp.area=398&tmp.texto=101108 

Portanto, nada mais interessante sabermos que uma “coisinha” assim é tão importante, e vive escondida. Acreditamos que seria necessário recebermos a Carta Magna como recebemos a Lista Telefônica, concordam? Pensem nisso!  

 

Postado por: Michele e Talita
Anúncios

Sobre direitoemdestaque

Estudos, atualidades e discussões no âmbito do Direito.
Esse post foi publicado em DIREITOS, STJ. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para STJ firma parceria com o Senado para distribuir Carta Magna a estudantes que visitam o Tribunal!

  1. Diogo disse:

    Parabéns pelo primeiro tópico.

    Achei uma bela iniciativa do STJ e do Senado para com uma nova geração que por si só representa a liberdade de forma indiscreta e significativa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s